Publicado por: Raphael Godoy | 14 abril , 2010

Quando as coisas mudam

Há alguns fatos que fazem com que a vida tome caminhos diferentes e não há nada que se possa fazer para mudar isto. São declarações, conversas, atos, coisas pequenas, que duram minutos, até mesmo segundos, mas que inevitavelmente transformam uma relacionamento.

Frases como: “eu não preciso mais de você”, ou ainda, “não te amo como antes”, ou ainda, “eu te amo”, mudam tudo e são impossíveis de ignora-las. Como continuar sorrindo ao lado de alguém que antes dizia que você era tudo na vida dela e, de repente, passa a dizer que não quer mais saber de seus problemas? Como continuar na superficialidade após ouvir ou dizer eu te amo? Não dá. It´s impossible.

Quando há uma separação, e, logo após, uma reconcialiação, é natural que as coisas já não estejam como antes. Pois com separações vem as decepções, o distanciamento, as magoas, as dificuldades de convívio (quando ele ainda existe), os novos relacionamentos, entre outras coisas que mudam cada um individualmente, e consequentemente muda o “nós”. Mesmo que seja por pouco tempo, com os “traumas” temos novas percepções da mesma realidade. Começamos a vivenciar novas formas de ver e sentir o amor, o companheirismo, o sexo e o carinho, então, comparamos o que tinhamos com o que temos e na reconcialiação comparamos o que temos com o que tinhamos antes de separar e também com o que tinhamos antes de voltar – o número de parâmetros para comparação aumenta e é impossível encontrar semelhanças entre o agora e o meses atrás.

Mas há uma coisa muito forte que está acima das comparações, que se chama amor. Eu, particularmente, não tenho muita intimidade com ele, talvez devesse amar mais novamente. Mas, aqueles que amam, e amam de verdade, sabem a força deste sentimento. Sabem que quando existe o amor, nem o tempo, nem a distância, nem as besteiras que fazemos interferem de forma crucial no relacionamento. Quando paramos de pensar por um momento, e deixamos o sentimento tomar conta, talvez as respostas apareçam e se apresentem de forma muito mais simples do que podia-se imaginar. Basta dar tempo ao tempo, e amor a um coração que por tanto tempo ficou sem receber este sentimento.

Não acredito no amor pleno, puro e verdadeiro. Mas, impossível não ter fé no poder que ele tem na vida e coração daqueles que amam e acreditam que o amor tudo pode.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: