Publicado por: Raphael Godoy | 27 fevereiro , 2009

A Câmara é Show – 4º Capítulo

 

O Pastor Carlinhos vai me desculpar, mas a câmara continua não dando o show que queremos ver e continua sendo aquele Show que não merecemos ter. Mas a reunião está melhorando, pérolas e seriedades abaixo.

 

BLOCO DO ASFALTO

 

Os vereadores Zezinho Despachante (PP), Sinval (PSDB) e Guilherme Nasser (PSDB) perguntaram do tão falado bloco do asfalto promovido pela Prefeitura Municipal. Acontece que os vereadores acharam pequeno os serviços feitos. Nasser falou que rodou a cidade toda e viu pouca movimentação, Zezinho reclamou que as principais vias da cidade não foram pavimentadas e Sinval não gostou do ritmo ele queria algo mais no estilo trio elétrico e ganhou aquelas marchinhas estilo: “Bandeira branca amoooor” – ele não disse mas pelo cantarolar foi o que entendi.

 

SAÚDE EM ALERTA

 

O trio de oposição na câmara Zezinho, Sinval e Nasser fizeram duras queixas quanto a área de Saúde de João Monlevade que está deixando a desejar. Reclamaram do atendimento, do não atendimento, da falta de médico, do destrato com pacientes e novamente voltaram a comparar Governo Prandini com Governo Moreira.

 

RESOLVENDO O PROBLEMA

 

Para resolver o problema o vereador Doró da Saúde (PMN), e presidente da comissão de Saúde, irá fazer vistorias nos postos de saúde começando pelo Pronto Atendimento (PA). Como se diz né?! Se é Doró da Saúde deixe que ele resolva o problema. Mas vale ressaltar que ele pode vistoriar, criticar e solicitar mas quem resolve mesmo é a Secretaria de Saúde e Prefeitura Municipal.

 

VALE O AVISO

 

Alguns vereadores não estão aceitando bem as criticas ao governo, mas sem razão. Os problemas estão aí, não importa de onde venham, então vamos trabalhar pra resolver pessoal, jogo de empurra não leva a lugar nenhum. Aproveito para ressaltar uma fala do vereador Zezinho Despachante: “ Quando tem algum problema o povo não vê funcionário, nem secretário, vê Prefeito.”

 

DISPUTAS PARTIDÁRIAS EM ALTA

 

Zezinho (PP – neutro mas mais para oposição) e Belmar (PT – líder de governo), continuam querendo saber que governo é melhor. Zezinho criticou o governo do PT e disse que a saúde na época era a pior que Monlevade já teve. Belmar, então veio com tudo para cima de Zezinho dizendo que se a Saúde era péssima, a culpa era dele também que foi vereador e não falou nada e completou. “ Se a saúde era péssima, é sinal de que você é um péssimo vereador”. Zezinho não fez por menos, despejou seu currículo de 4 mandatos e uma presidência da câmara para cima do petista e lembrou que o papel do vereador é apontar os problemas e não resolve-los. Ficou grande, mas mereceu o tamanho.

 

TROCA DE FARPAS NÃO LEVAM A NADA

 

Alguns vereadores já mostram sinais claros de irritação com o jogo de empurra na câmara, ou usando a tribuna, o comentando baixinho uns com os outros. Ta na hora de olhar pra frente moçada.

 

O QUE TEVE DE BOM?

 

O anteprojeto de estágio supervisionado na prefeitura proposto pelo Vereador Pastor Carlinhos, o anúncio que a Secretaria de Saúde já elaborou um relatório dos postos de atendimento odontológico e está tomando providencias para melhor atender a população, a divulgação da programação da Semana da Mulher. Isto tudo você vê mais detalhado no Jornal Monlevade e no site www.diversaosa.com.br

 

MOMENTO DICIONÁRIO DO DIA

 

O Pastor Carlinhos disse que quer um relatório sucinto sobre a saúde em João Monlevade para saber o que realmente está acontecendo. Então a palavra do dia é sucinto. Entende-se que quando queremos investigar algo queremos o máximo de informações possíveis sobre o assunto. Então um relatório sucinto não vai resolver muito o problema, o ideal seria um relatório esmiuçado (como dizia saudoso Vandinho).

 

Sucinto: em poucas palavras, resumido, breve.
Esmiuçado:
dividir em partes miúdas; reduzir a pó; analisar, investigar, pesquisar com toda a minúcia; pormenorizar.

  

Dicionário não é peso de papel. Fica a dica

 

TEMPO DADO NÃO É ROUBADO

 

O Vereador Vanderlei Miranda (PR) tem se mostrado um cara muito bacana e desprendido das coisas materiais. Na ultima reunião cedeu tempo para todo mundo, deu até fila. Foi Sinval, foi Doró, foi Nasser, foi Dulce. Pessoas solidárias é disso que o Brasil precisa.

 

CADA QUAL NO SEU LUGAR

 

Pela segunda vez, em quatro reuniões, representantes do executivo estiveram presentes na reunião e falando ao pé do ouvido do líder do governo na Câmara. Calma gente, tudo tem sua hora. Desta forma, mais atrapalha do que ajuda. Enfraquece a imagem do vereador, expõe o governo de forma negativa e também dá munição para a oposição.

 

PIADA SEM-GRAÇA DE ÚLTIMA HORA

Vereadores querem que fiscais de posturas fiscalizem a segurança do circo que se instalou em João Monlevade. Dizem as más línguas que é o medo da concorrência.

 

Por hora é só pessoal. Comentários e mais informações, ainda hoje.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: