Publicado por: Raphael Godoy | 19 fevereiro , 2009

A Câmara é show – Especial: Pastor Carlinhos

Bem amigos, ontem a câmara nem foi tão show assim.
Uma coisa ou outra chamou a atenção mas quem realmente foi o centro das atenções foi o vereador do PV Pastor Carlinhos. Por isto, ele recebe um post só para ele.

OS TRÊS PORQUINHOS

O vereador pevista não poupou “elogios” a três jornalistas-blogueiros de João Monlevade: Thiago Moreira =, Márcio Passos e Marcelo Melo. A bronca foi com coisas que os jornalistas escrevam sobre o vereador e ele não gostou.

O PRIMEIRO PORQUINHO CONSTRUIU UMA CASA DE PALHA

A bronca com Thiaguinho foram muitas mas delas pode-se destacar duas, primeiro sobre o jornalista ter dito que ele atacou a imprensa na última reunião da câmara, o que realmente não é verdade, e o Pastor explicou novamente que ficou irritado com o jornalista que escreveu que um vereador apoiava o cartel de combustiveis de João Monlevade e não citou o nome. Depois ele disse exatamente com estas palavras: “estou envergonhado de ter um jornalista como este na mesma cidade onde eu moro”

O SEGUNDO PORQUINHO CONSTRUIU UMA CASA DE MADEIRA

Sobre o Jornalista Marcelo Melo, as críticas foram um pouco amenas, criticou principalmente por ter publicado coisas que não disse e acusá-lo de fazer coisas que não fez. Como por exemplo querer transformar a casa legislativa na casa de Deus e depois sobre ele ter feito uma proposição, que não existe, em relação a leitura da biblia antes das reuniões. E pediu que não o comparasse com o ex-vereador e deputado Philemon.

O TERCEIRO PORQUINHO CONSTRIU UMA CASA DE TIJOLOS

Sobre o Márcio Passos, o vereador reclamou da afirmação que o jornalista fez sobre ele querer botar o dinheiro no bolso e ter o TCE trabalhando para ele, já que requisitou o Tribunal de Contas para fazer uma fiscalização da Prefeitura que é uma das funções dos vereadores. E assim o vereador terminou suas críticas individuais e até certo ponto pertinentes.

NÃO PRECISA RESPONDER.

O vereador disse que sabe perfeitamente separar religião de política. Então pergunto, porque não ser apenas o Vereador Carlinhos, uma vez que, Pastor é outra coisa? Por que então ser o Vereador Pastor Carlinhos? Pelo que tenho visto, tem conseguido de fato separar as duas coisas. Mas, no seu caso, a contradição começa pela alcunha que carrega na câmara.

Anúncios

Responses

  1. vc so esqueceu q bem antes de ser pastor o carlinho ja foi vice prefeito e vereador antes…
    em monlevade ele so candidatou com esse nome por ser conhecido assim desde q começou a trablhar ai….

    v c procurar saber as coisa direito para postar ai…..

  2. Romulo,

    Realmente não sabia deste histórico do vereador e tampouco duvido da capacidade política dele. Foi apenas uma pegunta, não precisava nem explicar.
    Obrigado pela leitura e volte sempre, contestações e novas informações serão sempre bem-vindas.

  3. blz amigo…sem problemas…
    o pastor carlinhos foi político na cidade de raposos MG 2 vezes vice prefeito uma vereador, secretario de fazenda e no ultimo governo secretario de administração…
    veio de uma familia ja politica o pai foi politico 4 vezes vereador o irmão hoje é vereador tmbm…

    é bom os jornalista sabe um pouco da vidas dos politicos…
    abraço ate+


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: