Publicado por: Raphael Godoy | 27 novembro , 2008

(quase) tudo na vida é passegeiro

Este texto é antigo, mas ainda tem mta verdade aí.

A chuva é passageira, a dor é passageira, a alegria é passageira, e até nós, para os budistas, somos passageiros. A paixão é passageira, algumas causam grandes estragos, como se fosse um furacão que passa fazendo o que quer e depois deixa tudo de pernas pro ar. O amor… ah… este também é passageiro, esta em constante mutação, o que é amor agora pode ser ódio minutos depois e o que é ódio esta mais próximo do amor do que a própria paixão.

As amizades, estas também são passageiras, quantos amigos já não passaram na usa vida? Quantos deles, você não vê há anos? É certo que há aqueles amigos, que são sempre amigos, pelo menos até o dia do seu casamento, ou do dele. Porque, depois disto, haverá uma mulher (ciumenta) entre os dois e a grande amizade se tornará, apenas, amizade. Quanto às mulheres são eternas amigas, até que um homem as separe. Nunca vi, as mulheres vivem dizendo que homem não presta, mas ele, o inútil e desprezível homem, já foi e ainda é o motivo do término de muitas amizades femininas.

O Lula na presidência também é passageiro. Mas esse é passageiro chick, pois só anda de aerobus. Para quem estava acostumado a andar de pau de arara deve ser o máximo, e confesso que sinto um pouco de inveja de não poder andar de Aerobus também.

O sucesso dos craques do futebol é passageiro, e dos bem treinados, quase que um camaleão. Na 11ª rodada o Zé Brazuca é o craque do campeonato, digno de vestir a amarelinha e considerado o melhor jogador do mundo. Na 22ª, o craque é um perna-de-pau, um enganador e que a mídia fez muito barulho por nada. Ao fim do campeonato, o Zé Brazuca é o artilheiro e faz o gol do titulo e todos os torcedores embasbacados afirmam para si mesmos – Esse Zé é o cara, sem ele não tínhamos ganhado nada. Eu não disse que ele era craque?

A moda, mais que tudo no mundo, é passageira e aqueles que são estáveis, são errados e cafonas. Se a moda é usar roxo, está todo mundo usando e os hematomas são acessórios indispensáveis. O forró era brega e “coisa de nordestino”, depois virou moda e hoje não é nenhum nem outro. E quanto ao estilo da roupa é pior ainda. Antigamente, andávamos nus, peladões, como viemos ao mundo. Depois, fomos nos cobrindo com aquele monte de roupa e agora voltamos a ficar quase pelados.

Mas nem tudo é passageiro, o pobre por exemplo, é pelegrino porque nem dinheiro para andar de ônibus ele tem, muito menos, condições para sair do lugar de pobre para menos pobre. A corrupção também não é passageira, veio pra ficar, e ao que tudo indica o Brasil é o berço dessa nova classificação de governo, já fomos imperialistas, republicanos, ditatoriais, agora dizemo-nos democráticos e somos corrupcionistas.

Algumas coisas e pessoas infelizmente não são passageiras, por exemplo, o Bush continua mandando no mundo por mais 4 anos, o Galvão Bueno continua achando que o Rubinho um dia ganha e o Rubinho continua não ganhando. O desemprego ainda é grande, continuamos (principalmente as mulheres) valorizando o ter e esquecendo o ser, o Zagalo continua vivo, o buraco na camada de ozônio continua lá. A TV continua uma merda e mentirosa, a Hebe não quer envelhecer, o João Kleber continua achando que é famoso e a bundalização, me desculpem, a banalização da falta de pudor continua invadindo nossas casas.

Nem tudo está perdido, ainda continuamos sendo os melhores do futebol mundial, a musica brasileira é… esquece, ela também já não é mais. O Rio de Janeiro continua… esquece também. A mulher brasileira continua natural…mente artificial. Ah… ainda temos o carnaval, a maior festa brasileira, que exalta nosso outro maior bem: a bunda.

É isso, ainda temos o futebol e a bunda, tudo que o brasileiro precisa para ser feliz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: